Category Archives: Perú

Índios Isolados ou em Fuga?

No último dia 23 de dezembro, uma vez mais, em meio à floresta Amazônica, um grupo de índios teve suas imagens roubadas do alto, por brancos em um grande pássaro de metal.

Quantos maus encontros, os velhos dirão, não começaram com alguns brancos chegando numa canoa, a  cavalo, trem ou avião? Quantos povos não foram exterminados a tiros ou dinamite, chuva de veneno ou cobertores com malária semeados por esses pássaros de metal?

Suas imagens roubadas rodaram o mundo. Serviram ao fetiche dos brancos (ao menos  os puristas) a imagem do exótico pode ser vendida, colocada a serviço da autopromoção de profissionais, empresas e instituições.

Ninguém está isolado. As imagens desses índios assustados nada falam dos tantos maus encontros com madeireiros, garimpeiros e missionários que fizeram com que escolhessem evitar ativamente esta civilização.

A noção de índio isolado é conveniente, desresponsabiliza, disfarça os aparatos de exploração e genocídio que obrigaram tantos povos à centenas de anos de fuga.

Povo Nahua envenenado com mercúrio de mineração

Entre outras comunidades ribeirinhas da Amazônia Peruana, os Nahua de Santa Rosa de Serjali na região de Yucali – na Amazônia peruana – foram pesadamente envenenados no início deste ano, com mercúrio das atividades de mineração.

Adultos e crianças apresentam altos níveis de mercúrio no sangue. Uma criança morreu em março por conta do mercúrio.

Em abril o ministério da saúde declarou estado de emergência durante 90 dias.

Autoridades e a mídia comercial do país enganam a população evitando apresentar a associação óbvia entre a presença de mercúrio e a atividade de mineração na região.

Vazamento da Petro-Peru atinge povos da Amazônia

Desde 25 de janeiro deste ano um vazamento de petróleo de grandes proporções vem contaminando pesadamente regiões amazônicas.

O vazamento de um oleoduto da empresa Petro-Peru, em meio a floresta amazônica já atingiu os rios Chiriaco e Marañón.

Dezenas de povos ribeirinhos e indígenas estão sendo afetados pela contaminação. Os sintomas da contaminação por petróleo se apresentam em adultos e crianças: fortes tonturas, vômitos e mal-estar.

As autoridades e a mídia peruana têm evitado a apresentar a real proporção desta catástrofe. A empresa responsável por esse absurdo segue operando normalmente no Peru.

Just Seeds homenageia indígenas awajun do Peru

Mazatl, artista cartazista do coletivo cartazista Just Seed homenageou em um de seus cartazes a luta dos índios Awajun do Peru pelo meio ambiente contra a megamineradora canadiense IAMGOLD.

Como relembra o artista:

“Awajun e Wampis tomaram controle das instalações da companha mineradora (…) Imediatamente a polícia e o exercito interviram para reprimir os valentes atos do povo Awajun e Wampi. Dezenas de Indigenas perderam suas vidas na defensa dos rios, os bosques e sua sobrevivencia, enquantam defendiam suas comunidades na ponta da lança.”

 

Arte: Mazatl

Awajun, Nacion indigena Peruana que ha luchado y sigue luchando contra la destruccion ambiental, la extraccion de recursos naturales y la violacion sistematica de la Madre Tierra. En Junio de 2009 en Bagua, Peru surgio un conflicto despues de que companeros Awajun y Wampis tomaron control de la instalaciones de la compania minera Canadiense IAMGOLD. Inmediatamente la policia y el ejercito intervino para reprimir los valientes actos del pueblo Awajun y Wampi. Docenas de Indigenas perdieron sus vidas en defensa de los rios, los bosques y su sobrevivencia, mientras defendian sus comunidades a punta de lanza.

Este é o Grabado en Linoleo original del guerrero Awajun. Este esfuerzo grafico es parte de una campana grafica masiva de denuncia rumbo a la COP16, en Cancun.

Fonte: Just Seeds